NOTA ! Este sítio utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes.

Se não alterar os parâmetros do seu navegador, está de acordo. Saber mais

Compreendo

ArteAzul-Atelier

 

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego. Também partilhamos informações acerca da sua utilização do site com os nossos parceiros de redes sociais, publicidade e análise. Ver detalhes

Perguntas frequentes sobre o ArteAzul-Atelier 

Clique para obter respostas

 

O que podem esperar os visitantes deste portal?

Proporcionaremos aos visitantes deste portal, através da tecnologia que suporta a sua estrutura, uma forma fácil e rápida de interação. Pretende-se dar lugar à participação ativa dos visitantes de modo a tornarem-se utilizadores frequentes, encontrando novos artigos sobre artes decorativas, artesanato e pintura, assim como temas informativos de âmbito regional, principalmente os que se relacionam com as regiões de Trás-os-Montes e Alto Douro.

O que é o ArteAzul-Atelier?

ArteAzul-Atelier é um projecto em constante atualização e desenvolvimento que se iniciou nas atividades de artes decorativas e pintura, em 2001, tendo, mais tarde, em 2006, concretizado o objetivo de juntar ao projeto inicial uma vertente de informação - o NetBila - sobre as regiões transmontana e alto-duriense. Tendo como base as técnicas tradicionais, o Atelier procura a inovação, a criação artística e o aperfeiçoamento de novos métodos de execução: o design gráfico, a criação de páginas para a internet e sua optimização para melhor visibilidade na rede glogal constituem linhas de ação para melhor divulgação e promoção de produtos e serviços.

A investigação e o estudo experimental são atividades importantes para o Atelier?

Fazem parte do conjunto de atividades do ArteAzul-Atelier o trabalho constante de estudo e experimentação de novas técnicas, a execução de trabalhos artesanais e decorativos e a pintura a óleo, assim como as diversas formas de decorar tecidos, sedas, vidros e outros objetos. O Atelier, no seu espaço de trabalho, tem sido, desde o seu início, o lugar de experimentação prática de muita teoria sobre as artes decorativas, não só com os trabalhos que se vão desenvolvendo mas também na escolha e aquisição dos diferentes materiais e utensílios.

Como entende o Atelier a dinâmica artesananal e a produção artística manual?

Tendo em conta a história, a tradição e a origem dos materiais, o Atelier volta-se também e em paralelo, para os aspetos inovador e criativo, fazendo da atividade um meio de expressão artística.

Como iniciou o ArteAzul-Atelier a sua atividade?

O ArteAzul-Atelier iniciou a sua atividade na vertente artesanal, pintando azulejos com vidrado em cru, cozidos posteriormente. Em seguida, o Atelier começou a executar, com um tear simples, pequenas peças de tapeçaria tecida artística, utilizando variados tipos de lãs.

Quais as técnicas principais de artes decorativas que o Atelier leva por diante nos seus trabalhos?

O Atelier implementa nos seus trabalhos uma grande variedade de técnicas de artes decorativas e pintura que lhe permitem efetuar mais de uma vintena de diferentes tipos de obras artísticas. No entanto, dá importância maior aos que se referem a: azulejaria, gravura em folha de estanho, patchwork, pergamano, pintura em seda, pintura em vidro, registos e relicários, tapeçaria tecida, tricô, croché e pintura a óleo.

Quem executa os trabalhos de artes decorativas e pintura?

São da exclusiva responsabilidade do ArteAzul-Atelier a execução dos trabalhos de artes decorativas e pintura, da autoria de Amélia Raio.

Que trabalhos artísticos podem ser encontrados no ArteAzul-Atelier?

Um número crescente de exploração das técnicas de artes decorativas tem resultado numa grande variedade de objectos decorativos: caixas de madeira decoradas, peças em marfinite pintadas com processos de “envelhecimento”, lenços de seda pintados segundo técnicas inovadoras em que, neste caso específico, a exclusividade é obrigatória, sendo completamente impossível concluir duas peças iguais ou mesmo semelhantes, leques e quadros em folha de estanho utilizando a gravura para a sua execução, decoração de pratos de vidro e copos a partir de métodos diversos, quadros em folha de papel pergamano, quadros em falso esmalte; mensagens artísticas inseridas em imitação de livro aberto, registos e relicários religiosos, imitação de fusing e, evidentemente, quadros de pintura a óleo, nomeadamente reproduções de quadros clássicos que marcam a sua importância pelo rigor de pormenores e fiabilidade de cores e tonalidades. 

Quais os trabalhos que mais se aproximam da cultura da região em que o Atelier está inserido?

O Atelier está sediado na cidade de Vila Real, norte de Portugal, na região transmontano-duriense. São os trabalhos de azulejaria tradicional e os de tapeçaria tecida artística que expressam as paisagens e costumes locais e, por isso, estão diretamente ligados às raízes locais. Não havendo grande história e tradição nas tapeçarias decorativas em Trás-os-Montes e Alto Douro, o contrário verifica-se na azulejaria tradicional. Neste capítulo, a tradição remonta a séculos passados. Desde o século XVI, muitas igrejas e outras edificações foram decoradas com grandes painéis de azulejos. Também são famosos os painéis representativos dos costumes do Douro, nas estações de caminho de ferro na linha do Douro, por exemplo.

O Atelier segue a influência Slow Made?

O ArteAzul-Atelier segue a influência do movimento "Slow Made” cujo objetivo é a valorização e a importância que se dá ao tempo de execução necessário para produzir bem, com todos os cuidados, trabalhando melhor, com precisão.

Que outras correntes ou influências segue o Atelier?

O Atelier, através dos estudos, pesquisas que efetua e visitas a feiras e exposições, permanece em constante atenção ao que rodeia as artes decorativas e o artesanato em geral. Deste modo, tudo que constitui novidade, não apenas o que se refere às obras propriamente ditas mas também aos suportes, materiais e utensílios, é para o ArteAzul-Atelier pretexto de algumas mudanças, deixando-se influenciar evidentemente pela beleza e pelas diferentes técnicas que outros artistas e artesãos colocam à luz do dia. O Atelier, contudo, mantém nos seus trabalhos o seu próprio carácter, marcado por qualidades que o distinguem.

Qual a disponibilidade do portal ArteAzul-Atelier a novas temáticas?

Estaremos sempre disponíveis para abrir novas rubricas, com artigos publicados em português ou em outras línguas como o francês, o inglês e o espanhol.

O que é o NetBila?

O NetBila é um espaço informativo na internet, inserto no sítio do ArteAzul-Atelier, dele fazendo parte desde o ano de 2006. A informação é de cariz regional, especialmente a relacionada com Trás-os-Montes e Alto Douro, complementar a outros sítios. Uma gama variada de artigos e imagens são disponibilizados, não apenas da região de Vila Real e norte de Portugal, mas também de outros lugares.

Como nasceu o NetBila?

Surgiu em meados do ano 2000 o sítio "rumos" ou "ArteAzul - rumos". Temas sobre Vila Real e Trás-os-Montes e Alto Douro, além de algumas notícias e alguns artigos de opinião, faziam já, nessa altura, parte dos conteúdos daquele sítio na internet. Uma página de História, uma página dedicada aos autores e outra de publicidade gratuita completavam este simples projeto de divulgação. Poucas atualizações eram efectuadas. A última aconteceu em 17-03-2003. Estando esse website alojado num servidor gratuito, encontra-se ainda à data de hoje online, não valendo a pena o esforço de encontrá-lo e além do mais a informação mais importante nele inserida foi transcrita para o NetBila. Sucedendo ao "ArteAzul - rumos", aparece com o mesmo objetivo, agora em servidor pago e com domínio registado, um novo website que, até 2006, precedeu o NetBila, este com alojamento próprio. No início de 2015, contudo, decidiu-se reunir num único portal toda a informação: Artes Decorativas e Pintura e o Jornal.

Porque devo visitar o NetBila?

Terá disponível uma considerável fonte de informação, evidenciando-se este jornal pela simplicidade e originalidade das suas notícias e dos seus artigos e imagens. Encontrará, certamente, conteúdos de interesse especial sobre duas regiões de Portugal - Trás-os-Montes e Alto Douro: notícias e artigos de opinião, locais - aldeias, vilas, miradouros, o seu património e as raízes culturais das suas gentes -, livros publicados e textos, gastronomia e vinhos e um espaço dedicado à tecnologia. A todos os que gostam de transmitir as suas ideias, dá-se a possibilidade de intervirem, usando as páginas do jornal NetBila.

Quais os objetivos do NetBila para o futuro? 

O NetBila continuará a ter em conta objetivos de uma informação original, divulgando aspetos das diferentes culturas regionais de Portugal, principalmente da região de Trás-os-Montes e Alto Douro, alargando, eventualmente, o seu campo de ação para outras regiões do país ou do estrangeiro, dependendo, naturalmente, das contribuições enviadas.

O que é importante para o NetBila?

O passado histórico das aldeias, vilas, cidades e regiões, a realidade atual das experiências e modos de vida das pessoas e seus projetos para o futuro são os temas a que damos especial relevo no sentido de contribuir para uma divulgação complementar e abrangente.

Este portal utiliza a imagem como meio de expressão artística?

O projeto ArteAzul-Atelier surgiu em 2001 iniciando a sua atividade com a pintura tradicional em azulejos a que se seguiram estudos e experiências com novas técnicas e também a pintura. As artes fazem parte do trabalho desenvolvido desde então e são a origem do Atelier. Do mesmo modo, na parte informativa e de opinião, a imagem constitui sempre um meio de expressão artística para além de servir como elemento complementar ao texto. 

Quem faz parte do grupo de colaboradores NetBila?

Várias são as pessoas que têm prestado colaboração com artigos das regiões transmontana e alto-duriense. Outras regiões têm sido igualmente mencionadas com textos e imagens de diversos colaboradores. Alguns são referidos em artigo inserto neste portal. Pode, no entanto, observar-se a lista completa de autores do NetBila, aqui.

Poderei fazer parte do grupo de colaboradores?

Sim, pode fazer parte do grupo de colaboradores. Para isso, deve contactar-nos, identificar-se, referir a sua origem e, se não achar inconveniente, ceder-nos uma fotografia. Depois, é só escrever os seus artigos com a periodicidade que entender e enviá-los para este portal, através de um endereço de correio eletrónico que lhe será fornecido.

Possuo um blogue e é lá que exponho as minhas opiniões. Porque necessito de escrever em outro sítio?

Estimado leitor do NetBila: é dos que julga, pelo facto de possuir o seu próprio blogue, consegue desabafar e transcrever a sua opinião na esperança que os visados da sua crítica verão e lerão o seu desabafo? Está muito enganado. Desculpe a frontalidade, mas... está mesmo enganado. Pense: são biliões de sítios na rede global a tentarem mostrar-se num emaranhado como a internet. A maior parte dos blogueiros e os seus artigos de opinião têm como únicos leitores os próprios autores; pouco mais que isso. É muita confusão na rede. Aqueles que têm possibilidades de investir, algo conseguem com o esforço do dinheiro. Os outros, muitos ou apenas alguns, conseguem-no pela persistência, pelos anos de experiência na escrita usando palavras apelativas, as palavras-chave que, como "penetras", alguns resultados vão obtendo. Leia mais...

Os colaboradores só poderão ser transmontanos ou durienses?

O ArteAzul-Atelier não obriga a que os seus colaboradores sejam naturais ou vivam em Trás-os-Montes e Alto Douro. Desde que imprima nos seus artigos originalidade, verdade e qualidade, independentemente da região onde vive, pode ser um dos colaboradores.

Pertenço a uma comunidade no estrangeiro. Posso enviar notícias da minha comunidade?

Se vive num país estrangeiro e tem interesse em enviar notícias da sua comunidade para este portal, pode fazê-lo. Outros artigos poderão também ser-nos enviados: artigos de opinião, hábitos culturais, etc. 

Poderei enviar artigos e/ou imagens já publicados em outros websites?

Não. Um dos objectivos do ArteAzul-Atelier é a originalidade de conteúdos. Entendemos como essencial para implementar qualidade na publicação de textos e imagens a não duplicação da informação já editada em outros sítios da internet. Evidentemente que nem sempre se consegue manter em pleno esta conduta e, além disso, não há regra sem exceção. Contudo, a administração deste portal empenhar-se-á na preservação desta linha de procedimento no sentido de contribuir para uma informação própria. Assim, pede-se aos estimados colaboradores para ajudarem nessa preservação.

Os conteúdos deste portal podem ser copiados e utilizados?

Todos os conteúdos deste portal podem ser copiados e utilizados. Contudo, a cópia de cada artigo (texto e/ou imagem), utilizada em outros meios, deve ser acompanhada de uma referência e respetiva ligação (link) para a página do ArteAzul-Atelier, em atelier.arteazul.net, assim como o nome do autor. Consulte a página "Alguns direitos reservados".

Installation/Configuration